WhatsApp: 11 998564520 – Tel: 11 41021814

Advogado trabalhista em SP, como escolher?

qual-o-melhor-advogado-trabalhista-em-sp

Veja a seguir algumas informações, sobre como escolher um advogado trabalhista em SP.

Muitas pessoas quando se deparam com um problema trabalhista, buscam o auxilio de um advogado para solucionar um impasse entre trabalhadores e empregadores (patrão).

Ocorre que, no momento da escolha de um profissional (advogado) para a defesa dos direitos , muitas dúvidas surgem.

Entretanto, o principal receio da maioria das pessoas esta relacionado com a confiança e credibilidade do profissional.

Então a duvida que surge é:

Como escolher um advogado trabalhista?

Mas, para realizar essa escolha, são necessários muitos critérios e atenção, pois somente um advogado trabalhista realmente especializado nessa área pode dar o correto atendimento ao cliente.

Em primeiro lugar, aquele que busca um advogado especializado na área trabalhista poderá realizar uma breve pesquisa na internet com o nome completo do profissional.

Pode parecer algo estranho, mas esse simples cuidado, já permitirá obter uma série de informações sobre o advogado, como por exemplo:

Região de atendimento;
Tempo de atuação no área;
Áreas de especialização;
Possíveis decisões favoráveis obtidas pelo advogado;
Avaliações de outros clientes;
Além de diversas informações.

Todas essas informações são facilmente obtidas em sites como o JusBrasil, O Escavador e o perfil do google.

Com essas informações, aquele que busca contratar um advogado trabalhista pode realizar uma tomada de decisão consciente e contratar um advogado trabalhista que atenda as suas necessidades.

No momento da contratação de seu advogado, é importante saber que a partir deste momento, ele será o seu porta-voz. 

Então a busca deve ser pessoal com atenção especial à reputação, indicação de outros clientes já atendidos pelo advogado e, acima de tudo, a confiança do mesmo perante a sociedade.

Visto que o advogado trabalhista atua em processos entre empresas e empregados, conheça a seguir as principais causas de ações trabalhistas:

  • Registro inapropriado ou a falta dele: Falta de registro em CTPS, contratos de trabalho superficiais ou desatualizados
  • Pagamentos por fora: Registro em carteira de salário em valor inferior ao que o empregado efetivamente recebe;
  • Carga horária: Ausência do registro correto de horário;
  • Horas-extras: Pagamentos de horas extras habituais por fora e não incidência dos seus reflexos nas verbas devidas;
  • Comissões: Não incidência das comissões nas verbas trabalhistas;
  • Descontos indevidos: Descontos em folha, além dos admitidos por Lei, sem autorização escrita dos empregados;
  • Cargas pesadas: Duração do trabalho diário superior a 10 horas;
  • Faltas de pagamentos: Trabalho aos domingos e feriados sem o correto pagamento ou compensação;
  • Irregularidades: Terceirizações irregulares;

Por isso, caso ocorra alguma das situações descritas, procure um advogado trabalhista, mas faça a sua busca com critério para não cair nas mãos de um mau profissional.